Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a nossa política de privacidade e de utilização de cookies.

OK

Ema Santos

Curso de Interpretação da ACE (Academia Contemporânea do Espetáculo), no Porto (2015/2018).

Como complemento à sua formação, participou em diversos workshops, nomeadamente: Workshop de Máscara neutra – O ator e a neutralidade, com Nuno Pino Custódio; Workshop de Clown com Margarida Gonçalves; Workshop de Cinema e TV, com Afonso Pimentel.

No âmbito da sua formação, destaca os projetos “Rapsódia Vicentina”, sob a orientação de Pedro Fiúza; Projeto Coreográfico, dirigido por Joana Providência; Projeto Texto Clássico, dirigido por João Paulo Costa; Oficina de Teatro Musical, dirigido por João Paulo Costa, Ernesto Coelho e Alexandra Calado; Oficina de Casting, dirigida por Paulo Ferreira; Projeto Texto Contemporâneo, dirigido por António Júlio. 

ema santos

 

Como atriz profissional, integrou o elenco dos espetáculos “Afinal Quem é Que Manda Aqui?” (2022); “Os Três Porquinhos” (2021); “Um Novo Amanhã” (2021); “Annie Jr” (2021) e “Afinal Quem é a Mãe Natal?” (2020), todos sob a direção de Catarina Santos. Com encenação de Diogo Bastos, integrou o elenco do espetáculo “O Sonho de uma Noite de Verão” (2021). Ainda sob a orientação de Catarina Santos, participou nos espetáculos “Baquetas Misteriosas” (2019); “O Dragão Adormecido” (2019) e “G.R.I.N.C.H. Rouba o Natal – O Musical” (2019). Participou nas produções “Por favor Não Cancelem o Natal” (2017); “RaixpartamorT” (2017) e “Vanessa vai à Luta” (2015) encenados por Ana Carlos. Integrou ainda o elenco dos espetáculos “100 anos da Livraria Lello” (2018), sob a direção de Pedro Fiúza e “Lorcas” (2017), com encenação de António Júlio. Sob a orientação de Lee Beagley, participou no espetáculo “Lisístrata” (2014).

Podemos vê-la também no cinema, na curta-metragem “116-066” (2019), uma criação da Universidade Lusófona do Porto.

Frequentou aulas de música até ao 5º grau, sendo o violino o seu instrumento de eleição. Fez parte da apresentação da Orquestra da Academia de Música de Santa Maria da Feira.

Ao longo do seu percurso como atriz, adquiriu experiência na manipulação de correntes, leques, cordas de fogo e marionetas.

Paralelamente ao teatro fez animação em várias feiras medievais.

É membro dos grupos Teatramos e Saltarellus Artes de Rua da Associação Fórum Ambiente e Cidadania.

Integra o elenco da Companhia de Teatro O Sonho em 2022.

APOIOS

CM LISBOA
Espaço LX Jovem
Casa dos Direitos Sociais

PARCEIROS

Instituto Português do Desporto e da Juventude
tintas marilina
JGF
Sanitana
Amadeu e Rocha Lda
Minabel
AM LEILOES
Nomalism