Este website utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Para aceitar o uso de cookies basta continuar a navegar no website. Para mais informação consulte a nossa política de privacidade e de utilização de cookies.

OK

a companhia

Antecedentes, Historial e Atividades Desenvolvidas

 

O SONHO tem como principal preocupação incutir, a todos os seus espectadores, o gosto pela Arte Teatral.

Desde a sua formação em 1999, O SONHO desenvolve um conjunto de atividades teatrais, para um público maioritariamente infantojuvenil: espetáculos, fóruns de debate, workshops, etc.

Aposta, primeiramente, em textos que integram os programas curriculares, recomendados pelo Plano Nacional de Leitura: “Auto da Barca do Inferno”, “Farsa de Inês Pereira”, “Aquilo Que Os Olhos Veem ou O Adamastor” e “Leandro, Rei da Helíria”. A partir de textos que integram ou focam temas abordados no programa curricular, a Companhia procura criar espetáculos interativos que permitem aos alunos uma maior proximidade e compreensão desses mesmos textos e temas.

Através da sua atividade permanente, O SONHO pretende transmitir, a quem o visita, não o gosto da “arte pela arte” mas o gosto da “arte pela compreensão da arte”.

Quase a celebrar o seu 20º aniversário, a Companhia conta com mais de 1.018.000 espectadores, que a visitaram tanto em Lisboa e Matosinhos, como nas suas várias deslocações pelo país.

 

O SONHO é uma Companhia de Teatro que tem entre os seus principais objetivos:

  • Fundir, nos seus espetáculos, as diversas áreas artísticas: teatro, dança, canto e artes circenses;
     
  • Aprofundar o conhecimento dramatúrgico das obras programáticas curriculares;
     
  • Promover uma interação direta público/autor, aproximando o aluno do texto;
     
  • Explorar, para além do evidente aspeto lúdico, o aspeto didático inerente aos textos recomendados pelo Plano Nacional de Leitura;
     
  • Incentivar a leitura de autores nacionais, clássicos e contemporâneos;
     
  • Promover novos autores, novas abordagens e novas criações dramatúrgicas;
     
  • Permitir ao público infantojuvenil esclarecer dúvidas e curiosidades relativas aos dramaturgos, aos espetáculos, ao teatro em geral e também ao trabalho que a Companhia tem vindo a desenvolver;
     
  • Fazer com que os alunos passem a olhar os textos e temas curriculares de uma forma diferente, redescobrindo o prazer de ler outras obras dos mesmos autores;
     
  • Tornar a visita ao teatro num prazer e não meramente um complemento à aula;
     
  • Tornar o teatro interativo, complementando o trabalho que é desenvolvido pelos professores na sala de aula.

APOIOS

Instituto Português da Juventude
Casa dos Direitos Sociais
Delta
Espaço LX Jovem
Câmara Municipal de Lisboa
Marilina Tinta
JGF
Sanitana
Amadeu & Rocha
Minabel
A&M Leilões
Nomalism